sábado, 6 de março de 2010

Servidão


A submissão é mais fácil que a rebeldia
Mas a consequência da covardia
Do ato, é a dependência,
Disfarçada de benevolência,
Essa dependência vem mesmo que tardia.

Não queremos teatro
Não queremos manifestações
Queremos resolvido nosso trato
Devolvidas nossas orações.
Eles nos dão barulho, queremos canções
Deixaram-nos fartos
Iremos embora sem emoções.

3 comentários:

  1. Camila:
    Este seu ÓTIMO poema foi postado no Duelos, incluindo a imagem que é altamente significativa. Parabéns por esta obra!
    Valeu mesmo!
    Envie mais vezes seus textos!
    Abração e ótima semana!

    ResponderExcluir
  2. Passando pra dar um oi e dizer que gostei do que vi.
    Gostos sutis e nuances bem delineados. Você tem mãos leves.

    Eu dise que ia passar.
    Você lembra, não é?

    ResponderExcluir
  3. Enquanto isso, um cachorro passa na rua em frente sua casa...voltando, indo...sabe-se lá...no entanto, move-se.

    ResponderExcluir