sábado, 3 de outubro de 2009

Incondicional



Meus olhos sempre brilharão por ti,
Mesmo que os seus não correspondam meu brilho,
Continuarei respirando,
Te amando,
Por que já decidido foi,
Que seu coração entregou-se,
À um outro sorriso,
Que não me corresponde.

Talvez não saiba que esse amor acontece,
Mas aqui te esclarece,
Que aos poucos fui te querendo pra mim,
Tornou-se meu nos sonhos,
Teu abraço era o que me pertencia,

Quem lê talvez não entenda,
Que feliz esteja mesmo,
Não sendo Eu teu amor.
Não te descrevo meu sofrimento,
E sim o agradecimento,
Por que feliz está sendo.

E então achar alguém eu irei,
Que irá iluminar meus olhos,
Para que seu brilho à outro olhos volte-se,
E assim a realidade meus olhos retorne,
Para que novamente,
Esse coração que ainda te sente,
Traga um novo amor,
Nova semente.

2 comentários:

  1. Camila:
    Muito bom seu blog! Parabéns! Já estou seguindo e vou incluir na lista de Favoritos do Duelos.
    Seu poema "Avidez" já foi postado no Duelos! Ótimo! Depois passa lá para conferir!
    Aproveito para convidá-la a participar do Tema do Mês, cujo tema é "Sorte".
    Valeu mesmo!
    Seja bem-vinda e volte sempre!
    Um enorme abraço e ótimo domingo!

    ResponderExcluir
  2. E aonde quer que eu vá, levo vc no olhar...

    Eu gosto tanto de voce.

    ResponderExcluir