sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Dedicatória



Às flores que por mim pisadas,
Ao sonho de ser quem sou,
À lágrima por mim deixada,
Que me serviu de inspiração,
Para escrever tudo com amor,
Com paixão.


C. Oliveira

Um comentário:

  1. Aquela garota, aquela da doçura da inocência, da alma gêmea minha poeta ^^
    lindo *-*

    ResponderExcluir